Angel Vianna
Foto: André Seiti

Depoimento de Angel:

"A primeira escola que abri foi em Minas Gerais, a Escola Klauss Vianna, em 1956. Lá dávamos aulas de ballet sem sapatilhas, o que foi uma inovação. Estudei, junto com Klauss anatomia, fisiologia e cinesiologia. Aplicávamos esse conhecimento nas aulas, para que o aluno pudesse fazer o ballet sem tanta tensão. Foi aí que começamos a experimentar outras formas de dançar. Klauss estava muito interessado na criação de um ballet brasileiro, com características brasileiras. Dançamos “O Caso do Vestido”, inspirado no poema de Carlos Drummond de Andrade, “Marília de Dirceu” e “Arabela, a Donzela e o Mito”.

A segunda escola já foi no Rio de Janeiro, o Centro de Pesquisa Corporal Arte e Educação, em 1975. Ficou conhecido na época como Corredor Cultural. Foi a primeira escola dedicada ao ensino da Expressão Corporal. Lá criamos o grupo Teatro do Movimento e fizemos a pesquisa “Significado e funções de uma linguagem gestual e sua correlação no campo da dança”. Essa escola era minha junto com Klauss e Teresa D’Aquino.

Em 1983 abri o “Espaço Novo – Centro de Estudos do Movimento e Artes”, que hoje é conhecida como Escola Angel Vianna. Criei o curso técnico de bailarino, depois a Faculdade Angel Vianna e mais recentemente os cursos de Pós graduação Lato Sensu".

Em 2014 Angel recebeu a medalha da Ordem do Mérito Cultural.

Abaixo o texto que acompanhou a premiação:

"A dança como agente transformador do mundo. Com essa ideia em mente, a bailarina, coreógrafa e pesquisadora do movimento Angel Vianna realiza seu trabalho há mais de seis décadas.De família de origem libanesa, a mineira Maria Ângela Abras Vianna, nascida em 1928, foi pioneira na formação e capacitação de profissionais que atuam nas áreas de arte, educação, saúde e direitos humanos, dentro das principais instituições de saúde e reabilitação do país, como a Rede Sarah Kubitschek de Hospitais e diversas universidades públicas.

Essa visão artística multifacetada vem de cedo. Angel Vianna começou a estudar piano aos 17 anos de idade e balé a partir dos 20. Depois, escultura na Escola de Belas Artes da Universidade de Minas Gerais, dirigida pelo célebre pintor Guignard. Casou-se com o bailarino e coreógrafo brasileiro Klauss Vianna em 1955, e juntos abriram a Escola Klauss Vianna. Quatro anos depois, o casal oficializaria o Ballet Klauss Vianna, grupo de dança moderna. Em 1975, com o marido e a bailarina clássica Tereza D́Aquino, Angel fundou o Centro de Pesquisa Corporal, Arte e Educação e o Grupo Teatro do Movimento.

Angel foi a primeira personalidade do mundo da dança no Brasil a receber o título de Notório Saber da UFBA (Universidade Federal da Bahia), primeira universidade de dança da América Latina. Entre as homenagens e condecorações que conquistou, destacam-se o Prêmio Mambembe (1996) e a Comenda da Ordem do Mérito Cultural (1999), na categoria Cavaleiro. Neste ano, Angel será promovida à categoria Grã-Cruz".

" Gente é como nuvem. Sempre se transforma"

   Angel Vianna

  • Facebook
  • Instagram

Rua Jornalista Orlando Dantas, 2
Botafogo | Rio de Janeiro | 22231-010

 +55 (21) 25510099 | 2552-0139

982051842 

Curta e compartilhe!

​© 2018 desenvolvido por

Márcia Figueiredo